Instituto Brasileiro de Museus

Museu Villa-Lobos

Primavera dos Museus

publicado: 04/10/2019 16h00, última modificação: 04/10/2019 16h29

A Primavera dos Museus é uma ação cultural coordenada pelo Instituto Brasileiro de Museus visando promover, divulgar e valorizar os museus brasileiros, aumentar seu público visitante e intensificar a relação dos museus com a sociedade. Organizada anualmente desde 2007 ao redor de um tema, a Primavera dos Museus contou, segundo os dados registrados de sua 11ª edição, com a participação de 932 museus, que realizaram 2.537 atividades culturais, sociais e educativas. Desde a sua criação, o Museu Villa-Lobos promove ações com o objetivo de inserir e envolver a comunidade nas questões referentes ao universo musical e cultural de seu patrono, participando da Primavera dos Museus desde 2011.

Em sintonia com o tema Museus por dentro, por dentro dos museus, que norteia os eventos da Primavera dos Museus em 2019, o Museu Villa-Lobos realizará em sua sede, de 23 a 27 de setembro, atividades com o objetivo de dialogar sobre o universo musical e cultural villa-lobiano com os especialistas e o público.

Dentre as ações planejadas estão incluídas a realização de mesas de debate sobre temas fundamentais para a reflexão sobre a produção musical de Villa-Lobos, como os direitos autorais de suas composições e os desafios inerentes ao processo de revisão de suas partituras. As mesas terão participação de musicólogos, músicos e especialistas eminentes, de instituições como a ABM – Academia Brasileira de Música e a OSESP – Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e universidades de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Além dos debates, o Museu também sediará o lançamento do livro do musicólogo Paulo de Tarso Salles, da Universidade de São Paulo, sobre os Quartetos de Cordas de Villa-Lobos, e anunciará a edição atualizada do catálogo de obras de Villa-Lobos.

Durante o evento o Museu irá apresentar ao público o projeto Museu Villa-Lobos Digital, que democratizará futuramente o acesso ao rico acervo da instituição, disponibilizando-o online, e prestará uma homenagem ao Dr. Henrique Gandelman, um dos maiores especialistas em direitos autorais no Brasil e responsável pela organização dos direitos autorais de Villa-Lobos na Academia Brasileira de Música. Esse trabalho esteve sob sua coordenação de 1987 até seu falecimento em 2009, sempre acompanhado pela Dra. Marisa Gandelman, atual assessora jurídica da instituição gestora dos direitos de Villa-Lobos – a ABM – e referência internacional sobre direitos autorais. A advogada apresentará, a pedido do Museu, um relato sobre a memória e história da gestão dos direitos autorais da obra de Villa-Lobos, resultado de seu trabalho ao longo dos últimos 32 anos.

Veja fotos da nossa Primavera dos Museus 2019 em nossa Galeria.